Qualidade no Ensino Superior

António Ramos Pires

 

1ª Edição

Formato 17 x 24 cm

ISBN: 978-989-561-008-2

EAN: 9789895610082

Depósito legal: 454724/19

536 páginas

Ano de publicação: 2019

 

P.V.P.: 32,90 euros          

 

O conceito de produtividade pode ser aplicado de diversas formas a instituições de ensino superior e a cada um dos seus macroprocessos: ensino-aprendizagem; investigação; prestação de serviços e transferência de conhecimento. A competitividade está mais ligada à atratividade de estudantes, de financiamentos para projetos de I&D e de prestação de serviços e transferência de conhecimentos. Poder-se-á também analisar a competitividade pelo impacto que as instituições projetam nos contextos socioeconómicos onde se inserem.

A qualidade, como fator determinante da competitividade, tem vindo a acentuar-se com a concorrência acrescida (internacionalização, evolução técnica e tecnológica, necessidades crescentes e diferenciadas dos seus públicos-alvo) sendo que a sua gestão impõe a reavaliação e reconceptualização das práticas, modelos e teorias de gestão tradicionais.

Este livro identifica e responde a um vasto conjunto de desafios que as instituições de ensino devem superar de modo premente: o alinhamento com o espaço europeu, as revisões dos referenciais usados para avaliar as instituições e os seus sistemas de gestão (com a integração desejável entre os vários referenciais) e a necessidade de obter níveis mais elevados de desempenho organizacional.

Pela exposição de técnicas e métodos de gestão da qualidade, não só através da apresentação de conceitos, mas também de exemplos facilitadores da compreensão, este livro dirige-se a:

• dirigentes e gestores de instituições de ensino superior, pois permite-lhes entender, numa perspetiva holística e integradora, os vários sistemas de gestão;

• responsáveis pelos sistemas da qualidade, bem como a outros técnicos e responsáveis, uma vez que lhes facilita a interpretação dos conceitos e lhes fornece metodologias orientadoras para a sua implementação;

• estudantes, designadamente de engenharia, gestão, economia, marketing e gestão de recursos humanos, uma vez que poderão assimilar as abordagens e técnicas fundamentais de controlo e gestão da qualidade.

 

 

|  Voltar à página anterior  |  Voltar ao ínicio da página  |